Vai_Assim_na Mundo Fantasma_ZineFestPt 2018

ZineFestPT 2018.
Podem ainda vir visitar as nossas exposições e participar em muitas outras actividades, dia 3 (HOJE) está também aberto o Mercado de Edições Alternativas a partir das 15h, organizado pelo atelier 3|3 e Mundo Fantasma, no Shopping Center Brasília.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Vai_Assim_no MIRA FORUM_ZineFestPt 2018

iNAUGURAÇÃO ZINEFESTPT_2018_MIRA FORUM_EDIÇÕES DE FOTOGRAFIA E VÍDEO
Ao fim da tarde no dia 1, inaugurou no MIRA FORUM uma extensão do ZineFestPt 2018 dedicada às publicações e aos vídeos no âmbito das edições de fotografia. Em parceria com a ON PRINT, apresentam-se obras de diferentes registos de vários autores. “Esta exposição/mercado pretende dar notícia de um fenómeno em expansão: a prática da fotografia em livros e vídeos de autor” A exposição pode ser visitada durante o ZineFestPt, sendo que dia 3 (HOJE) está também aberto o Mercado de Edições de Fotografia a partir das 15h.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Hoje_Ainda Ver_Um cinema morto que afinal está vivo_ZineFestPt 2018

O Cineclube do Porto expõe durante o Zinefestpt, no antigo Cinema Charlot, do Shopping Center Brasília, uma selecção de trabalhos presentes nas nossas folhas de sala durante o último ano, necessariamente limitada ao espaço disponível. Temos tido o privilégio da colaboração neste projecto dos alunos de ilustração da Faculdade de Belas Artes do Porto e de outros convidados que, estamos certos, continuará no próximo ano.

Ontem o Cinema no Charlot, mítico cinema do Centro Comercial Brasília, reabriu para um dia especial. Sessões de cinema co-organizad com o Cineclube do Porto, atelier 3|3, Mundo Fantasma e o apoio da Associação de Comerciantes do Centro Comercial Brasília.

Cinema de Animação |> Filmes de Nuno Amorim, André Carilho, Filipe Abranches e Paulo Patrício, da produtora Animais.

  • A Noiva do Gigante 9′, de Nuno Amorim, realizador e produtor
  • Jantar em Lisboa 10′ 30″, de André Carrilho, Nuno Amorim som, montagem e produção
  • Todos os Passos 5′, de Nuno Amorim, realizador e produtor
  • A Única Vez 5′, Nuno Amorim, realizador e produtor
  • O Canto dos 4 Caminhos 11’51”, Nuno Amorim, realizador e produtor
  • À Tona 11′, de Filipe Abranches, Nuno Amorim apoio à realização e produção
  • Surpresa 8′, de Paulo Patrício, Nuno Amorim montagem e produção

E ainda sessão às 19h00 com o filme de Ed Wood PLAN 9 FROM OUTER SPACE e às 22h00 o primeiro filme de George A. Romero NIGHT OF THE LIVING DEAD.

Ontem_Assim_sobre Antigos Estúdios de Fotografia no Porto_ZineFestPt 2018

Palestra |> Antigos Estúdios de Fotografia no Porto, por Isabel Andrade da Silva, ZineFestPt 2018 no MIRA FORUM

“Em 1852, havia já 15 daguerreotipistas no Porto que foram abrindo os seus estabelecimentos comerciais para grande preocupação dos desenhadores de camafeus que viam o seu negócio esmorecer. Ao longo do século XIX ficaram famosos os registos fotográficos de William Flower, J.J. Forrester, Emilio Biel, Aurélio da Paz dos Reis, Domingos Alvão e Guedes de Oliveira que desenvolveram a fotografia artística ao ponto de terem montado maravilhosos estúdios, com interessantes particularidades, editado publicações de grande qualidade e terem organizado exposições pioneiras na Península Ibérica, com a colaboração do grande fotógrafo, Carlos Relvas”.

Ontem_Intervenção performativa na cidade, por Aglaíze Damasceno_ZineFestPt 2018

Draw me the sound, 2018, de Aglaíze Damasceno.

Uma intervenção pela cidade do Porto, nos postes de iluminação, sinalização e semáforos que, a partir do uso de um lápis, instiga a percepção do olhar e a capacidade de traduzir o som, integrando também no ZineFestPt a artista Aglaíze Damasceno actuará no espaço exterior passando pela Avenida da Boavista perto do Shopping Center Brasília onde está a acontecer o festival.

Aglaíze Damasceno > Artista plástica e sonora,  pesquisadora e curadora independente. ÉDoutoranda em Arte Contemporânea (Universidade de Coimbra – Portugal).  Mestra em Artes Visuais, Escola de BelasArtes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002). Tem Licenciatura emEducação Artística pelo Centro Universitário Bennet-Rio (2004), Bacharelado emCiências Sociais pela Universidade Federal do Acre (1996). Como Artista Visuale Sonora pesquisa, desenvolve e realiza projetos relacionados ao desenho e aocampo da arte sonora. É idealizadora e coordenadora do grupo de pesquisa NAVEUFCA: Núcleo de Artes Visuais Experimental, na Universidade Federal do Cariri.Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Artes Visuais, atuando nosseguintes temas: arte contemporânea, desenho, arte sonora, curadoria,arte-joalheria, cultura e design.

Hoje Está A Ser Assim_Sapata Press_no ZineFestPt_2018

A Sapata Press > é um novo projecto editorial sem fins lucrativos que publica bandas desenhadas de autoras de língua portuguesa. O seu objetivo é lançar plataformas de produção – fanzines, livros, posters, workshops – que abram as portas a mulheres, autorxs pertencentes a minorias e pessoas não-binárias, sejam elxs trans ou cisgénero, independentemente de raças e orientação sexual. Na senda do feminismo interseccional, tenta inverter a subrepresentação de mulheres e dissidentes de género nos espaços de produção de banda desenhada e a secundarização destxs na história. Lançamento |> Série de postais “A vida portuguesa (XXI)”, 2018, da artista Maria de Maria. Série de postais “A vida portuguesa (XXI)” Maria de Maria (Porto) 16×16 cm Sapata Press, 2018 ———- 17h00 Lançamento no contexto do open call “A minha vizinha Madonna: histórias de gentrificação”. A Sapata Press em conjunto com a Melão Brando, Your mouth is a guillotine e a Cunt Roll zine, lança a convocatória para artistas com o tema GENTRIFICAÇÃO.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Hoje Foi Assim_Oficinas Criativas ZineFestPt_2018 || Escolas

Os nossos agradecimentos aos formadores: José Rosinhas, Renata Carneiro e  Diana Fernandes e aos alunos da Escola Artística e Profissional Árvore.

Oficina Criativa Do It Yourself: Livro de Artista!

Título: Eu Palavra – Eu Livro |> Formador José Rosinhas Os livros de artista são, como qualquer outro médium, um meio par o artista transmitir as suas ideias sobre a realidade que o rodeia ao observador / público. Assim, através dos Livros de Artista, da criação plástica e da imaginação, vamos criar um trabalho que reflicta o pensamento crítico sobre um tema que seja pertinente aos participantes. Formador: José Rosinhas é licenciado em Artes Plásticas – Pintura, FBAUP. Como artista plástico, participou em várias exposições colectivas e individuais, e está representado em colecções nacionais e no estrangeiro, Diretor Artístico da galeria “José Rosinhas Art Gallery Wall” | Curador. Trabalha há mais de 18 anos em inscrições culturais, no âmbito de programas culturais e serviço educativo. Entre as quais a Núcleo de Arte Oliva e a Cooperativa Árvore.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Oficina Criativa Do It Yourself: Livro de Artista!

Título: Herbário – Livro de Artista |> Formadora Renata Carneiro Esta oficina consiste na criação de Livros de Artista com uma relação aos Herbários. Se formos a uma definição simples de Livro de Artista estes são habitualmente publicados em pequenas edições e até são por vezes produzidos como obras de arte únicas. Por sua vez e resumidamente um Herbário contém uma coleção dinâmica de plantas. Iremos conjugar os dois tipos de livros criando de forma criativa um herbário que siga critérios mais visuais e de experimentação de técnicas de impressão em vez dos habituais critérios científicos. Porque a criar imaginamos o mundo em suas múltiplas possibilidades e ao mesmo tempo aproximado-nos mais dele. Formadora: Renata Carneiro nasceu no Porto, onde vive e trabalha. Iniciou os seus estudos pelo mundo das artes cedo, na escola secundária Soares dos Reis especializada em artes com o curso geral, seguiu para a faculdade, tirando o Bacharelato em Pintura na Esap- Escola Superior Artística do Porto e a Licenciatura em Artes Plásticas pela mesma instituição. Foi para Madrid tirar o Mestrado em Teoria e Pratica das Artes Contemporâneas na Faculdade de Belas Artes – Universidade Complutense. Expõe colectivamente e individualmente desde 2000 e está representada em diversas colecções públicas e privadas em Portugal, Espanha, França, Alemanha, Grécia e Japão.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Oficina Criativa Do It Yourself: Impressões!

Título: Texturas Eva |> formadora Diana Fernandes – Oficina Rede Amarela Através de um material simples e acessível como a goma Eva os participantes vão criar diversas texturas, que podem aplicar sobre desenhos, colagens e imagens, compondo ambientes e paisagens singulares. A Oficina Rede Amarela nasceu da vontade do fazer, das tintas, das impressões. Três pessoas juntaram-se, libertaram-se do sono, mas usaram o embalo da rede para criar. Às vezes juntos, às vezes de forma independente, mas sempre com um resultado diferente. Uniram-se as competências diferentes, sem se perder as personalidades individuais. Se tem tinta, nós gostamos.

Este slideshow necessita de JavaScript.