Sam Grant editions no ZineFestPt 2018

Sam Grant Editions
Dia 3 || 18h00 || Apresentação |> Projectos de auto-edição, Women Sitting, Lambchop Lipgloss e Haunted Fuck Hole, e Sometimes a funny sea, por Sam Grant
Dizem que as ilustrações de Grant “fazem fronteira com o surreal”, enquanto as suas fotografias são descritas como tendo “uma estética retroinspirada que lembra os visuais da cultura pop dos anos 60”. Juntos, os trabalhos transmitem a imaginação de Grant e falam de uma nostalgia que antecede a sua própria. É interessante ver os dois corpos de trabalho exibidos juntos porque eles parecem ser de dois artistas diferentes com sensibilidade compartilhada. No ZineFestPt terão a oportunidade de o ver em dois espaços, na Mundo Fantasma (BD, ilustração, colagem) e no Mira Forum (fotografia).
Sam Grant > é um pintor autodidata, fotógrafo e artista de colagem de Leeds, Maine. Formou-se no Manhattanville College, Purchase em NY, em 2001. Cresceu numa grande casa de 100 anos que seu avô construiu ao longo de uma estrada de duas faixas no meio do nada, actualmente vive em Barcelona, Espanha. Autor e editor de 3 zines de banda desenhada, ilustração e colagem, e um pequeno livro de fotografia analógica. considera as suas fotografias e ilustrações como duas partes separadas de seu eu artístico, contudo reunidas numa mesma entidade tem vindo a expô-las ocasionalmente em conjunto.
 
Anúncios

POSK – Porto Urban Skechers no ZineFestPt 2018

Desenho de Paulo J. Mendes, Porto Urban Skecthers

Dia 2 || 18h30 || Apresentação |> O Manifesto dos Urban Skethcers, pelos POSK

“Desenhamos in situ, no interior e no exterior, registando directamente o que observamos; Os nossos desenhos contam a história do que nos rodeia, os lugares onde vivemos e por onde viajamos; Os nossos desenhos são um registo do tempo e do lugar; Somos fiéis às cenas que presenciamos; Usamos qualquer tipo de técnica e valorizamos cada estilo individual; Apoiamo-nos uns aos outros e desenhamos em grupo; Partilhamos os nossos desenhos online; Mostramos o mundo, um desenho de cada vez.”

PoSk-Porto Sketchers > é um grupo informal de Urban Sketchers do Porto que se junta para desenhar. Mais do que pensar no desenho como uma técnica usam-no como uma forma divertida e diferente de viajar e percorrer o espaço. Têm encontros mensais, mas nada os impede de desenhar todos os dias, fazem workshops e expõem em diversos locais, de galerias a bibliotecas a cafés, têm como mentores o Armando Baldaia, o Jorge Guedes e o Paulo J. Mendes, mas qualquer outro que faça parte tem aqui representatividade, o que importa mesmo é o desenho, esse afinal é o grande mentor.

Perrucho, libros de papel no ZineFestPt 2018

race to the moon

Dia 1 || 18h30 || Apresentação |> Perrucho, libros de papel, e algumas das suas edições em Riso.

Este projecto vai ao encontro do valor do livro, do conceber ao fazer, à distribuição e à comercialização, sejam novos ou usados, livros de segunda mão de editoras independentes, colecionadores e com produção própria e manual, ilustrando projetos inacabados e também narrativos, filosóficos,  e de ilustração (o mais recente Martín López Lam), livros raros (Antologia da história curta americano), edições independentes  e uma parede de exposição onde agora estão as obras tipográficas da família Plómez. Desenvolvem os seus próprios projetos editoriais e alienígenas suscetíveis a se tornarem objetos impressos. Fazem pequenas tiragens de 50 exemplares.

Eugeni Machancoses e Jaime Ortega> construíram uma trincheira de adoração ao papel, um local de adoração no qual os livros são feitos e descobertos. Per (r) ucho, é uma livraria em Valência, Espanha, mas é também um lugar onde se fazem livros, tem uma oficina tipográfica e risográfica. Nas estantes de Per (r) ucho há espaço para livros e objetos de publicação especiais que não chegam a muitos lugares, por falta de distribuição para uso ou por suas edições limitadas.